Keytar, Drums & Art

2 03 2008

As already known, I’m a fan of Daft Punk. Being one since 1997, the sound of Around the World (among other tunes), eletronic beats, and synthesized melodies never stopped being my favorite musical preferences.

In 2003, Interstella 5555 was released. The animation gave Daft Punk’s album, Discovery, a whole new feel, accompanied by the art of japanese studio Toei Animation which set a no-dialog narrative from the first to last track. Amazing.

Now, in 2008, although shorter, that same experience returns. Kap10Kurt‘s “keytar-and-drums digital art” makes it into animation. Produced by french studio Mathematic, the song Danger Seekers, has its own video clip, being already defined as something in between manga and “motion design”. I simply define the combination as sublime…both audio and visually.

Vodpod videos no longer available.

Advertisements




Um sitetizador, uma bateria e arte

2 03 2008

Como um fã de Daft Punk desde 1997 ao som de Around the World, a música eletrônica e sintetizada nunca deixou de estar no topo das minhas preferências musicais.

Em 2003 foi lançado o Interstella 5555, que dava uma visão animada ao já consagrado álbum Discovery do Daft Punk. Um longa metragem narrativo, no estilo anime, acompanhado pelas faixas do CD. Sensacional.

Agora, em 2008, as animações com trilha sonora eletrônica retornam. Kap10Kurt apresenta seu clipe animado para a música Danger Seekers. Produzido pelo estúdio francês Mathematic, o vídeo é definido como algo entre o mangá e o “motion desgin”. Eu defino a combinação simplesmente como sublime…audio e visual.

Vodpod videos no longer available.





Human After All (?)

23 04 2007

Being a fan of Daft Punk, their show is hands down one of, if not the best, I’ve watched. At the 2006 performance in Rio de Janeiro their finale was flawless. While the song “Human After All” played, images of people, animals, and nature were shown on their digital pyramid. It all had a postive and happy vibe about it. But then I thought the opposite. What if “being human” isn’t necessarily good? This is the result, spanning from the first world war to present time.

Sendo um fã de Daft Punk, o show deles é um dos, se não o melhor, que já assisti. Em 2006 na performance deles no Rio, o final foi impecável. Enquanto a música “Human After All” tocava, imagens de pessoas, animais e natureza eram mostrados na pirâmide digital. Tudo tinha um clima positivo e feliz. Mas ai eu pensei no oposto. E se “ser humano” não é necessariamente uma coisa boa? Esse é o resultado, abordando desde a primeira guerra mundial até hoje em dia.








%d bloggers like this: