A História de Doom 4

16 01 2009

ID Software pretende “desenvolver o potencial da narrativa” de Doom4 e confirma participação do roteirista Graham Joyce.

Doom certamente traz muitas lembranças. Joguei Doom, Doom2 e um pouco do Doom3, mas nunca me preocupei em saber mais além do fato de que um portal para o inferno foi aberto em uma base espacial.

A grande verdade é que a série é conhecida pela importância que suas duas primeiras versões representaram para gênero dos FPS (first person shooters).

O terceiro jogo foi cobiçado inicialmente pelo seu potencial gráfico e depois de lançado não foi nenhum destaque, exceto pelo fato de que um soldado não consegue segurar uma lanterna e uma pistola ao mesmo tempo.

A série até contou com uma versão cinematográfica em que The Rock estrelava, mas o ponto alto foi quando a câmera foi apresentou o ponto de vista em primeira pessoa, tal qual no jogo.

Tenho nada contra o Joyce. Ele nunca escreveu para jogos, mas lançou romances de sucesso. Não conheço, não tenho como opinar e acho válido o risco.

A questão é…alguém tem alguma expectativa de melhora?

Fonte: IGN


Actions

Information

2 responses

26 01 2009
Luiz

Doom 3 até tinha um nível bem mais elevado em termos de narrativa do que seus antecessores… neles a narrativa sempre se resumia a vc ser o único “nameless badass space marine” que sobrou depois de sua equipe super bem armada (e aparentemente idiota) ser aniquilada pelos bichinhos la… o jogo tinha essa premissa e só voltava a falar depois do final boss… pelo menos nos que eu joguei =P

Doom 3 tinha um pouco de Half-Life 2 e Resident Evil/Silent Hill/etc onde tinha scripted events e pedaços de informação espalhados pela base (acho q até no inferno tinham pedacinhos de texto O_ó)

O problema é que essa historinha era tão tipica e previsível que a vontade de usar/ver a BFG9000 ou enfrentar o Cyber Deamon no id tech 4 meio que ofuscou a narrativa e deixou o jogo com um feel bem tipico dos Dooms antigos onde não tinha uma história que se desenvolvia com o seu progresso.

But with that said… deve ser realmente difícil escrever algo de qualidade para um jogo como Doom… acho q uma tentativa mais elaborada de narrativa pra Doom vai sempre levar a ele se levar mais a serio… q n acho q seja algo muito suadavel pra um jogo como esse.

29 01 2009
Arthur Protasio

O melhor que podemos fazer é esperar, apesar de não criar expectativas.

Tomara que eles inventem uma narrativa envolvente e minimamente diferente, mas se for pra arrumar uma nova desculpa ou forma de abrir os portões do inferno no espaço…talvez tivesse sido melhor poupar o dinheiro com o roteirista.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: