Centenário

28 05 2014

Nota do autor: No dia 1º de abril de 2014, minha tia Nida fez 100 anos de idade. Além de testemunhar o feito impressionante – que é chegar a essa idade com a constituição mental que ela tem -, também pude refletir sobre a passagem do tempo e como ela impacta os nossos amados. Ainda mais quando se trata de uma espécie de tia-mãe-avó pra mim. O texto que segue foi um presente que fiz em reconhecimento e celebração a todos esses anos de carinho. Com vocês…

 

CENTENÁRIO

100 anos,
Quem diria.
36 mil e 500 dias.

876 mil horas,
De vivências,
De contos,
De histórias.

Eu sei, nem todo segundo, foi um mar de rosas.
Pelo contrário.
Nessa vida, o que não faltam, são as enrascadas perigosas.

Mas olhar pra trás,
E saber que você superou;
É gratificante,
É um alivio.
Deve ser como um gol.

É que talvez nós nos tenhamos dificuldade em aceitar.
Olhamos pra trás com saudosismo,
Pra frente com medo,
E nos deixamos paralisar.

E eu sei, Tia Nida, que (ainda) sou jovem,
mas deixe-me falar:

Envelhecer,
É normal.
São apenas fases
De um processo lento, e gradual.

Por ser uma anciã
Não se sinta mal
Representa sabedoria e paciência,
É um sinal.

Onde muitos sonham em chegar
você vive.
A ignorância e a falha de muitos
Não são o seu deslize.

O seu amor dado
Não respeita proporção.
E a disciplina?
Impecável,
Exemplo de dedicação.

Os anos de história?
Experiências sem par.
Um centenário de lutas
E aventuras para narrar.

Ensinamentos ficam
Mas as discórdias, não.
Fique tranquila
Nada é em vão.

A vida, como tudo, tem vantagens
E problemas.
Mas são as suas atitudes
Que superam os dilemas

Foque no que é belo
Saiba por o que lutar.
E tenha certeza,
um dia, seu legado vai te imitar.

Não pense regressivamente
Levante o queixo
erga o olhar
Na vida, há sim,
diversos motivos para se orgulhar.

Finque seu estandarte,
Sorria e bata o pé.
Não é brincadeira de primário,
A linha do tempo diz:
1º de abril é o seu aniversário.

Aliás, lembra quando eu era pequeno e disse que você era um dinossauro?

Não se prenda ao termo.
Na época me faltou um tesauro.

Mas vocês não são muito diferentes.
Marcos históricos que viram o mundo mudar.
A diferença,
é que (apesar de você dizer que não)
ainda tem muita história pra contar.

Então, volto a dizer.
100 anos;
Não é todo dia.

E se você me perguntar, são 100 –
não. Digo,
São 36 mil e 500,
Motivos de folia.

Agora, vamos festejar!
De quem tem ama e admira. Em nome de todos os netos da sua vida;

Parabéns, Tia Nida!

 


Actions

Information

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: